Feiras Agroecológicas são tema de livro disponível para download

O livro “Feiras Agroecológicas – Institucionalidade, Organização e Importância para a composição da renda do agricultor familiar”, de Tarcisio Patricio de Araújo, Roberto Alves de Lima e Júnior Macambira, está disponível para download. A obra consolida o resultado de quatro anos de estudos sobre feiras agroecológicas realizadas em municípios do Ceará, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte.

O livro apresenta pesquisas desenvolvidas conforme uma pioneira linha de trabalho, estabelecida por meio de parceria entre o Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT), localizado em Fortaleza, Ceará, e o Núcleo de Economia Solidária da Universidade Federal de Pernambuco (NECSO-UFPE). A motivação para a linha de pesquisa vem da ampliação e da importância da chamada produção orgânica, na qual se destacam produtos de origem agrícola.

É sabido que no mundo todo a difusão de ideias a respeito de uma “economia limpa” e o consequente aumento da preferência dos consumidores por produtos alimentares livres de agrotóxicos e de fertilizantes químicos alimenta iniciativas de vários segmentos e representações da sociedade na direção do consumo de bens “limpos”. Nesse sentido, no final da década de 1990 passou a ganhar destaque o surgimento das chamadas feiras agroecológicas, nas quais são comercializados produtos do que seria uma nova forma de produção rural de alimentos.

Por outro lado, supermercados de grandes redes passaram a dispor de gôndolas de produtos agrícolas de origem orgânica. Em alguns casos, tais produtos têm origem na pequena produção. No entanto, o mercado de orgânicos, no Brasil e no mundo, tem significativa participação de produtos certificados, oriundos de unidades produtivas maiores e mais capitalizadas.

Para ter acesso ao livro, baixe a versão em PDF no link:  http://www.sineidt.org.br/Publicacoes/Livros/010_Feiras_Agroecologicas.pdf

Texto: Ana Cristina Rosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*