Começa hoje (6) em Salvador a Convenção Preparatória ao XII Foro Internacional de Desenvolvimento Territorial na Colômbia

De hoje (6) até a próxima quarta-feira, acadêmicos, representantes da sociedade civil e dos governos da Bahia e do Ceará estarão reunidos no Hotel Golden Tulip, em Salvador, para participar da Convenção Preparatória ao XII Foro Internacional de Desenvolvimento Territorial. O grupo tem pela frente a emblemática missão de pensar a estrutura, o foco e as linhas de discussão do XII Foro – intitulado “Ruralidade Contemporânea e Políticas Públicas Diferenciadas para o Desenvolvimento dos Países Latino Americanos no século XXI” – que em 2018 será realizado na Colômbia.

O Fórum Internacional de Desenvolvimento Territorial é um evento anual realizado no Brasil pelo IICA com o apoio dos governos estaduais comprometidos com a política de desenvolvimento territorial, especialmente os governos da Bahia e do Ceará. Começou em 2003, com a criação da Secretaria de Desenvolvimento Territorial (SDT), entidade pertencente à estrutura do Ministério do Desenvolvimento Agrário, responsável pela política de desenvolvimento territorial no Brasil. O Fórum foi apoiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Territorial Sustentável – CONDRAF que o reconheceu como um espaço para a expansão do debate nacional e internacional sobre políticas públicas para as áreas rurais.

Nas últimas edições, também teve o apoio do Fórum Regional dos Gestores Responsáveis pelas Políticas de Apoio à Agricultura Familiar do Nordeste e Minas Gerais, além de uma importante participação da Rede Nacional de Colegiados Territoriais e da Rede Brasileira de Pesquisa e Gestão em Desenvolvimento Territorial (RETE). Em Salvador, nesta edição preparatória do Fórum, a RETE estará participando por meio de sua Diretora Presidente, Mireya Valencia Perafán, e de mais seis de seus integrantes: Betty Rocha, Catia Grisa, Douglas Oliveira, Marc Piraux, Marcio Caniello e Ricielia Sales.

Transferência para a Colômbia

Em seus 11 anos de realização, o Fórum Internacional de Desenvolvimento Territorial sempre ocorreu no Brasil. Embora os temas discutidos nessas edições tenham sido definidos a partir dos interesses e demandas orientados pelo intenso processo que o Brasil experimentou na implementação de políticas públicas para o desenvolvimento rural sustentável, o Fórum é um dos espaços latino-americanos mais relevantes no debate sobre questões relacionadas ao desenvolvimento dos territórios rurais. Contribuiu para a integração entre os países da região na gestão do conhecimento e para a adoção de modelos inovadores de desenvolvimento rural com enfoque territorial. Por esse motivo, é considerado um evento profundamente conectado aos desafios contemporâneos da ruralidade latino-americana.

No entanto, o processo de paz na Colômbia posicionou o meio rural desse país no centro do projeto de desenvolvimento da nação. Sem o desenvolvimento do meio rural colombiano – que exige não só um ambiente de paz, mas também  uma melhoria nas condições de bem-estar e qualidade de vida, com a redução da pobreza, o fim da pobreza extrema e a redução das desigualdades – é difícil alcançar desenvolvimento sustentável do país. O propósito do XII Fórum é propiciar o debate para a construção de uma agenda país e uma agenda latino-americana em matéria do desenvolvimento rural sustentável.

Abertura oficial

A abertura da Convenção Preparatória está marcada para as 18h30, com a participação de autoridades dos dois governos estaduais, representantes do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) Brasil e IICA Colômbia, e pelas Redes de Gestão Territorial do Brasil (RETE), do México (Red GTD) e Colômbia (Rede GTD-Paz). Na sequencia, haverá o lançamento dos livros desenvolvimento territorial: “O Legado das Políticas Públicas de Desenvolvimento Rural para a inclusão Socioprodutiva no Brasil”, vol. 24 da Série DRS; “Territórios de Identidade e Políticas Públicas na Bahia”, Wilson Dias; “O mundo rural na Bahia: democracia, território e ruralidade”, Danilo Uzeda. As sessões de trabalho iniciam na terça-feira, às 8h30min.

Texto: Ana Cristina Rosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*